A história do Beco do Batman

Um dos pontos turísticos mais famosos da Vila Madalena, na zona oeste da cidade de São Paulo, fica por conta do colorido Beco do Batman. Localizado entre as ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, está a galeria de grafite a céu aberto que recebe essa curiosa denominação.

Conhecido por suas ruas estreitas, o local é ideal para se visitar a pé. Os principais registros dão conta que o espaço teve sua trajetória construída a partir da década de 1980, quando foi encontrado nas paredes do bairro um desenho do Batman. O acontecimento atraiu estudantes de artes plásticas, que começaram a fazer desenhos de influência cubista e psicodélica nas paredes do Beco, formando a galeria de paredes totalmente cobertas.

Atualmente, os desenhos são renovados constantemente pelos artistas e os moradores do bairro ajudam a conservar as paredes que são extremamente disputadas pelos artistas. O Beco tornou-se um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas. A cada visita, uma nova pintura é encontrada no local, o que faz que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras.

Ah…e a maior curiosidade? Ninguém sabe quem foi o responsável por desenhar o primeiro homem-morcego do bairro.

Referências: http://cidadedesaopaulo.com/v2/atrativos/beco-do-batman/?lang=pt

https://super.abril.com.br/blog/oraculo/por-que-o-beco-do-batman-em-sao-paulo-tem-esse-nome/

Um comentário em “A história do Beco do Batman

  • 12 de dezembro de 2018 em 22:28
    Permalink

    Muito bom e lindo consegui fima e també fiz um lindo video clip minha filhia qem filmou vou voltar de novo amei as obra de arte e lindas

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *