As Lindas Fotos Aéreas do Metrô #4

O post de hoje é inédito e traz imagens sensacionais. Em um primeiro momento, gostaria de agradecer, de maneira bastante sincera, a ajuda do pessoal do Metrô de São Paulo. Eles nos receberam muito bem, deram assistência para escolhermos as imagens e liberaram esse conteúdo sensacional para todos os amantes da história de SP.

Essas imagens, que são todas do Metrô de SP, são fotos aéreas da construção de algumas estações do Metropolitano durante sua longa história. Nesse momento, seguem mais algumas fotos que separamos para vocês.

Quer saber mais da história do Metrô? Vem com a gente!

Quer ver a primeira seleção de fotos? Só vir aqui!

Quer ver a segunda seleção de fotos? Só vir aqui!

Quer ver a terceira seleção? Só vir aqui!

Estação São Bento nos anos 70
Estação Sé nos anos 70

 

Estação Praça da Árvore na década de 70
Estação Liberdade na década de 70

 

Estação Tatuapé na década de 80
Estação Tatuapé na década de 80

 

Construção da Estação Sé na década de 70
Construção da Estação Sé na década de 70

 

Interior da estação da Luz na década de 70
Interior da estação da Luz na década de 70

 

Início das obras do Terminal Rodoviário do Tietê na década de 70
Início das obras do Terminal Rodoviário do Tietê na década de 70

 

Obras civis Estação Jabaquara na década de 70
Obras civis Estação Jabaquara na década de 70

4 comentários em “As Lindas Fotos Aéreas do Metrô #4

  • 14 de julho de 2016 em 15:34
    Permalink

    Permita-me dizer que a primeira imagem refere-se ä estaçao Metro da Sé. Os predios do entorno me fizeram chegar a essa conclusao.

    Resposta
    • 14 de julho de 2016 em 15:55
      Permalink

      Ajustado!

      Obrigado pelo gentil comentário.

      Abraços!

      Resposta
  • 16 de julho de 2016 em 13:21
    Permalink

    Boa tarde. Primeiro eu queria dizer que independente de créditos estarem errados ou não em alguma foto, para mim o que vale é o saudosismo que as mesmas me proporcionaram. Sai muito pequeno de São Paulo, ainda no início das obras do Metro, inclusive quando meu ainda trabalhava na Camargo Correa, e sempre que posso estar em Sampa, gosto de utilizar o Metro. Segundo, quero parabenizar o Sr. Abrahão de Oliveira pelo belo trabalho em prol da memória da minha cidade, pois sou paulistano da gema. Grande abraço, e não dê muito crédito aos pseudos críticos de plantão.

    Humberto Silva

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *