O Espaço Alemão em São Paulo – O Goethe-Institut

Um dos mais tradicionais institutos alemães de São Paulo, o Goethe-Institut, possui uma rica história de desenvolvimento e contribuição com a nossa querida cidade. Entretanto, o que abordaremos aqui hoje, é a mudança de endereços dessa instituição.

Pouca gente sabe, mas o Instituto Goethe foi fundado na Rua Augusta, onde hoje está o Espaço Itaú. Fundado no dia 28 de agosto de 1963, pouco antes do começo da ditadura militar, o local era conhecido como “Casa Goethe” e o endereço se tornou palco para a livre troca de opiniões e, com o tempo, passou a oferecer a artistas e intelectuais um espaço para discussão sem censura.

Casa-Goethe

O Instituto Goethe é reconhecido por transmitir a cultura alemã à população de São Paulo em várias searas do conhecimento, como o teatro alemão contemporâneo, danças, cinemas, artes visuais e o encontro com criadores de cultura com escritores e pensadores do mundo acadêmico. Foi nesse espaço em que aconteceram, no final dos anos 60, as primeiras projeções de filmes de diretores como H. W. Fassbinder e Werner Herzog, ícones do cinema alemão.

No fim dos anos 70, a “Casa de Goethe” ganhou seu nome atual e, em 1983, mudou-se para a Rua Lisboa, em Pinheiros, uma sede definitiva adquirida pelo governo alemão para hospedar essa importante instituição. O endereço atual, um antigo convento de irmãs passionistas, ocupa uma área de 3.500 m² e oferece biblioteca, salas de aula extremamente bem equipada, enfim, uma estrutura digna para receber mais de 3.500 alunos de alemão.

O prédio de Pinheiros, nos anos 40 na época, um convento ocupava o espaço
O prédio de Pinheiros, nos anos 40 na época, um convento ocupava o espaço

A biblioteca da instituição, inclusive, é um ponto que merece descrição à parte. Esse espaço, que sempre foi aberto ao público e se tornou referência para os estudantes de humanas, contém peças completas de dramaturgos como Bertolt Brecht e Heiner Müller, obras que podem ser emprestadas e que ajudaram a fundar diversos grupos de teatro que existem hoje pela nossa cidade.

O ensinamento do alemão também faz parte do desenvolvimento do instituto. Não é incomum lembrar que, devido à alta procura para o aprendizado desse idioma, as pessoas faziam filas desde a madrugada para garantir a matrícula. Atualmente, o Goethe oferece cursos para mais de 3.500 alunos por ano.

Referências: http://www.brasil.diplo.de/Vertretung/brasilien/pt/06__Sao__Paulo/Aktuelles/2013__11__50-Jahre-GI.html

http://vejasp.abril.com.br/cultura-lazer/instituto-goethe-meio-seculo-de-existencia/

http://www.maxpress.com.br/Conteudo/1,632418,Goethe-Institut_Sao_Paulo_comemora_50_anos,632418,1.htm

http://www.brasilalemanhanews.com.br/lifestyle/turismo/instituto-goethe-de-sao-paulo-completa-50-anos/

http://www.brasilalemanhanews.com.br/ultimas-noticias/milestone-100-anos/

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d blogueiros gostam disto: