O Sabão Em Pó Paulistano – A História do Rinso

A Zona Oeste de São Paulo, mais especificamente a Vila Anastácio, teve uma grande contribuição para a indústria de produtos de limpeza do Brasil. Foi ali, no ano de 1953, que surgiu o primeiro sabão em pó brasileiro.

O preço do novo produto era superior ao sabão em pedra comum e a marca teve uma grande dificuldade em convencer às consumidoras sobre suas propriedades de limpeza. Graças a isso, os representantes da Lever, empresa responsável por lançar a novidade, batiam de porta em porta e se ofereciam para fazer uma demonstração no tanque da própria dona de casa.

Sabão em Pó Rinso em Propaganda de 1958.
Sabão em Pó Rinso em Propaganda de 1958.

Além disso, a empresa teve que inovar em diversas ações de marketing, como demonstrações em cinemas, teatros e, até mesmo, anúncios publicados em jornais e revistas pela cidade. Diz a lenda que as equipes da Lever percorreu mais de 120 cidades para apresentar o novo sabão e, com isso, o Rinso se tornou um sucesso de vendas em pouquíssimo tempo.

Propaganda do Rinso
Propaganda do Rinso

Logo após o sucesso dessa marca, a Irmãos Lever, verdadeiro nome da empresa que mais tarde se chamaria Unilever, resolveu lançar o Omo, em 1957. Após alguma dificuldade de aceitação do público, em 1965 as vendas decolaram e superaram o pioneiro Rinso, que foi retirado das prateleiras dos supermercados depois da certeza da migração das consumidoras para o Omo, líder de mercado até hoje.

15 comentários em “O Sabão Em Pó Paulistano – A História do Rinso

  • 12 de novembro de 2015 em 12:29
    Permalink

    Amo sua página e adorei a matéria do Sabão em pó.

    Resposta
  • 17 de novembro de 2015 em 19:24
    Permalink

    Parabéns pela reportagem,que resgata não só um pedaço de nosso passado, mas ´também, um pouco da história da indústria e da propaganda brasileira.

    Resposta
  • 13 de outubro de 2016 em 21:02
    Permalink

    Lembro ter uns 5 anos e ter tomado um banho de banheira com rinso.cheio de espuma

    Resposta
  • 5 de novembro de 2016 em 11:59
    Permalink

    Lembro-me bem do lançamento do OMO. Meu avô tinha um armazém e o vencedor fazia o merchandising lavando o frasco de vidro do leite. Todos ficavam empolgados !

    Resposta
  • 9 de janeiro de 2017 em 18:11
    Permalink

    Muito boas estas mensagens, uma viagem no tempo, obrigado

    Resposta
  • Pingback:Som n’A BOINA #04: Os (incompreendidos) Incríveis | A Boina

  • 4 de julho de 2017 em 12:10
    Permalink

    Irmãos Lever => Gessy Lever => Unilever

    Resposta
  • 25 de outubro de 2017 em 13:55
    Permalink

    O sabão rinso não foi retirado logo após o lançamento do Omo, lembro da minha vó usando o sabão quase no final dos anos 80.

    Resposta
    • 4 de fevereiro de 2018 em 14:19
      Permalink

      Exatamente.
      Eu lembro muito bem do Rinso, morávamos no Paraguai e minha mãe usava Rinso, mudamos Pará o Brasil em 84 e acredito que ela foi uma das últimas a mudar Pará o Omo e com certeza, depois do Rinso sair do mercado, lembro-me que meu pai ia no armazém e minha mãe não pedia pra ele trazer sabão em pó, pedia Rinso e por muito tempo eu achava que todo sabão em pó era PC assim como achava que toda esponja de aço era bombril.

      Resposta
  • 6 de agosto de 2018 em 20:38
    Permalink

    Eu nasci com 5 kilos e 56 centímetros, no ano de 1972.
    Meu apelido no hospital, era “Pacotão de Rinso”…😆😆😆

    Resposta
  • 13 de janeiro de 2019 em 17:16
    Permalink

    Nasci em 1960 e lembro minha tia comprava caixa de Rinso para lavar as roupas. Se não me engano era uma caixa verde e um cheirinho maravilhoso. 🙂

    Resposta
    • 14 de maio de 2019 em 19:21
      Permalink

      Antigamente existia um negocio muito bom chamado ”CONCORRÊNCIA”, as donas de casa em geral tinham opções de compras, hoje não tem mais isso, todas as marcas do mercado pertencem a uma unica empresa gigante chamada UNILEVER que numa dentada só engoliu quase todas…..

      Resposta
  • 18 de janeiro de 2019 em 23:19
    Permalink

    A marca ainda pertence à Unilever – ou pode ser utilizado livremente.

    Resposta
  • 25 de abril de 2019 em 09:33
    Permalink

    Lembro bem da marca .
    Nos anos 70 e 80 ainda se via a marca Rinso nos supermercados.
    E cheguei a ver filmes americanos onde aparece essa marca também.

    Resposta
  • 16 de junho de 2019 em 10:35
    Permalink

    Não me lembro dessa marca nos anos 80 nos supermercados.
    E tenho lembrança da minha infância, ouvia sempre falar das roupas lavadas com Rinso.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *