O Incentivador Das Corridas de SP: A História do Jockey Club

Uma das instituições mais antigas da nossa cidade, o Jockey Club, é parte viva da história da nossa metrópole.  Sua concepção aconteceu no dia 14 de março de 1875 sendo que, seu primeiro nome, era Club de Corridas Paulistano. Sua estrutura era formada por 73 sócios, incluindo jovens e empresários da elite empresarial paulista, e um capital de 9 contos e 90 mil réis.

Os dois principais fundadores foram, pela ordem, Raphael Aguiar Paes de Barros e Antônio da Silva Prado, posteriormente conhecido como o Capitão Antônio Prado. Vale dar um pequeno destaque do por que Raphael Paes de Barros ser tão fã de corrida de cavalos.

Hipódromo da Mooca em 1924.
Hipódromo da Mooca em 1924

O jovem era filho do Barão de Itu e neto do Barão de Iguape e, como podemos ver, teve uma boa estrutura para estudos e aprendizados. Durante uma parte de sua vida, foi enviado por seu pai para estudar na Inglaterra. Voltou cheio de influências e engajado na luta pela libertação dos escravos, além de ser um apaixonado entusiasta das corridas de cavalos, esporte que vivia um grande frisson na Europa.

A Primeira Corrida

O primeiro grande evento Jockey Club aconteceu no dia 29 de outubro de 1876, no Hipódromo da Mooca, que ficava na Rua Bresser. O acontecimento teve apresentação de banda musical de um público gigante. Os dois únicos cavalos que correram aquele dia foram Macaco e Republicano. Apesar do favoritismo de Republicano, Macaco levou o primeiro prêmio da Província.

Vários foram os momentos que ajudaram a calcar a história do Jockey Club. Um dos grandes acontecimentos fica por conta do dia 10 de julho de 1877, quando ocorreu a primeira vitória de um cavalo tendo uma mulher como proprietária. O animal vencedor foi Corisco, pertencente à Maria Domitila de Aguiar Castro, neta da Marquesa de Santos.

Mas engana-se quem pensa que a história do Jockey Club de São Paulo se resume às corridas de cavalos. Em 21 de abril de 1912, decolava do Hipódromo da Mooca um aeroplano pilotado pelo Comandante Edú Chaves, com destino ao Rio de Janeiro. Uma grandiosidade para a época.

Comandante Edu Chaves decolando do Hipódromo da Mooca em 1912
Comandante Edu Chaves decolando do Hipódromo da Mooca em 1912

O Hipódromo da Cidade Jardim

No dia 25 de janeiro de 1941 foi inaugurado,  na região da Cidade Jardim, mais um Hipódromo, sendo este concebido por Fábio Prado, então prefeito de São Paulo e presidente do Jockey Club.

Inicialmente existia a determinação para que o novo hipódromo fosse instalado no Ibirapuera. Quis o destino, no entanto, que o Jockey Club fosse instalado em Cidade Jardim. O ocorrido se deu graças a doação, pela Companhia Cidade Jardim, de uma área de 600 mil metros, local onde hoje situa-se o hipódromo Paulistano.

plano jockey sp

A Companhia City – que participou ativamente do processo de expansão da cidade de São Paulo – buscava a valorização daquele espaço que, na época, se colocava como um bairro distante, do outro lado do Rio Pinheiros. O Jockey Club de São Paulo foi, sem dúvidas, um dos principais pilares no processo de crescimento de toda a região. Ao mesmo tempo em que recebia esse terreno, a diretoria do Jockey concluía a doação do antigo hipódromo para o município, contribuindo para o desenvolvimento industrial e comercial da zona leste da capital.

Na década de 50 o arquiteto francês Sajous promoveu uma grande reforma no hipódromo, remodelando sua linha arquitetônica para o clássico que compõe o desenho atual.

O Peso Político do Jockey Club

A primeira participação do Jockey Club de São Paulo na história política do país se deu logo depois de sua inauguração. Quando, sob a liderança de Raphael Aguiar Paes de Barros, foi um dos principais expoentes pela abolição da escravatura.

O Jockey Club de São Paulo teve, também, participação na Proclamação da República (1889), e acompanhou a revolta paulista dos Tenentes em 1924. Além disso, participou em vários momentos das Revoluções de 30 e 32.

Em 1941, ano de inauguração do Hipódromo de Cidade Jardim e auge da Segunda Guerra Mundial, o Jockey Club, posicionou-se para que o Governo Vargas promovesse a entrada do Brasil no conflito, ao lado das forças aliadas.

Nas eleições presidenciais de 1954, o clube recebeu a visita de Juscelino Kubitscheck como candidato oficial à Presidência. Fato que se repetiu em 2006 quando o Jockey recebeu as visitas do então Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e do então candidato da oposição e atual Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Veja também

2 comentários em “O Incentivador Das Corridas de SP: A História do Jockey Club

  • 20 de junho de 2017 a 18:47
    Permalink

    Como todo paulista de origem adoro a historia de Sao Paulo

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d blogueiros gostam disto: