Um breve registro da água encanada em São Paulo

Quando falamos em abastecimento de água, ainda mais em uma metrópole como São Paulo, a primeira coisa que vem à cabeça são as megaestruturas de represas, além de uma boa água tratada correndo pelos canos e caixas d’água de toda cidade. Mas nem sempre foi assim, ainda mais em São Paulo, onde toda nossa infraestrutura foi desenvolvida “por necessidade” e não por planejamento prévio. No final do século XIX ainda dependíamos de chafarizes e fontes que, atualmente, são sinônimos de embelezamento. Esse sistema, de chafarizes e fontes, são o tema do resgate de hoje e, grande parte do texto a seguir, foi encontrado no acervo da Assembleia Legislativa de São Paulo.

Ler mais