Uma curiosidade da Sé: o relógio da Catedral e o trabalho de Henrique Fox

Um dos monumentos mais importantes da nossa cidade, a Catedral da Sé, já teve três versões, sendo a que conhecemos hoje, a última e mais nova delas. Entretanto, em sua segunda versão, mora uma das curiosidades que, particularmente, acho uma das mais legais desse monumento histórico. Trata-se do relógio da Catedral da Sé. Os arquivos do Legislativo Paulista mostram todo o processo e cuidado com esse ponto de referência. As referências históricas da cidade relatam que a trajetória do relógio é iniciada através de uma carta do bispo diocesano de São Paulo, Dom Manuel Joaquim Gonçalves de Andrade ao então presidente da Província de São Paulo, Raphael Tobias de Aguiar.

Continue Reading

50 anos do primeiro Plano Urbanístico Básico de São Paulo

Lendo o jornal da Folha de São Paulo de hoje, dia 12 de março, uma importante memória foi impressa na pequena parte que trata do Acervo do jornal. Trata-se de uma matéria veiculada no dia 12 de março de 1969 com o seguinte título: Uma cidade nova nascerá em São Paulo. Na ocasião, um grupo técnico, formado por brasileiros e norte-americanos desenvolveu um estudo para definir o que foi chamado de “Plano Urbanístico Básico” para São Paulo.

Continue Reading

A Exposição Cafeeira em São Paulo

Dando uma “fuçada” pelos arquivos públicos da nossa história, encontrei um texto curiosíssimo que foi destaque no jornal “Correio de S. Paulo” do dia 16 de junho de 1932. Trata-se de uma grande matéria com o pomposo título de “Inaugurou-se ontem, solenemente, a exposição cafeeira”. Esse evento aconteceu no Parque da Água Branca e, como bem destacou a reportagem, contou com “a presença de todas as nossas autoridades”, além de “discursos irradiados”. Intitulada “Exposição Cafeeira da Água Branca” e promovida pelo Conselho Nacional do Café, a ideia do evento era a de propagar, da melhor maneira, o principal produto do Estado de São Paulo.

Continue Reading