O shopping sobre o lixão: a história do Center Norte

Quem não é de São Paulo tem o hábito de dizer que o “shopping é a praia de paulista”. Gostando ou não desse tipo de empreendimento, não dá para negar que somos assim mesmo. Eu, particularmente, adoro andar em alguns shoppings de São Paulo e rodar pelas livrarias (cada vez mais escassas) pela cidade.

A história do empreendimento  mistura a evolução da cidade, ocupação de um lixão e algumas curiosidades. Com 36 anos de existência completados em abril de 2020, o Center Norte surgiu através da ousadia de Curt Walter Otto Baumgart.

Curt, com o aval de Otto Baumgart, patriarca da Vedacit, decidiu comprar, na década de 60, uma área de 150 mil metros quadrados na região da Vila Guilherme para construir um complexo comercial para a Zona Norte, até então, carente desse tipo de estrutura.

Construção do Shopping Center Norte

Vale dizer que, durante muitos anos, a região foi um aterro sanitário, o famoso lixão da Vila Guilherme. Em 1945 havia uma cratera no local destinada à mineração de areia e, segundo a Prefeitura, em 1958 essa cratera foi preenchida com terra e resíduos, inclusive lixo doméstico.

Catadores são vistos no lixão da Vila Guilherme, na zona norte de São Paulo, em 1973.

Existem diversos registros de como era o local e, segundo a Veja São Paulo, os restos da implosão do Edifício Mendes Caldeira (em 1975) e muita terra oriunda das obras do Metrô ajudaram a aterrar o local, o que ajudou na construção do shopping.

Catadores são vistos no lixão da Vila Guilherme, na zona norte de São Paulo, em 1973.

De toda a forma, o shopping foi entregue à população em 7 de abril de 1984. Quase 30 anos depois, em 2011, os funcionários, vizinhos e frequentadores do local tiveram um susto: a Cetesb constatou a presença do gás metano, altamente inflamável, na região das lojas de todo o complexo.

A administração do shopping teve que trabalhar rápido e instalar drenos para conseguir a liberação da Cetesb e, assim, reabrir ao público. Vale dizer que a presença do gás se dá devido à decomposição orgânica do lixão sobre o qual a estrutura foi erguida sendo, portanto, natural que ele apareça.

Referências:

Diário da Zona Norte:  https://www.diariozonanorte.com.br/center-norte-completa-36-anos-conheca-a-historia-do-shopping-queridinho-da-zona-norte/

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/10/center-norte-diz-que-ja-instalou-10-drenos-para-retirar-gas-metano.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *